CLICK HERE FOR THOUSANDS OF FREE BLOGGER TEMPLATES »

segunda-feira, 29 de julho de 2013

A raposa e sua vingança fatal




A raposa que se vingou dum marido traidor
1
Eu vou contar pra vocês
Um causo lá do sertão
Dum casal que era feliz
E tinha muita criação
 Era bode,vaca, giuné...
Falo de Titica e Tonhão. 
2
Titica vivia dizendo
Você, Tonhão, é um amor
Eu sei que és coisa do céu
E foi Deus quem lhe mandou
O que você pedir eu faço
E o que quiser eu dou.
3
Num dia Tonhão saiu
Dizendo , minha querida!
Tranque bem a nossa porta
Que tem raposa de briga
Achando a porta aberta
Ela entra e ninguém tira.
4
Depois dum tempo Titica
Avistou um rapagão
Ele tava ali em pé
Ela não conhecia ele, não!
O rapaz se apresentou
Queria falar com Tonhão.

5
Disse eu sai de São Paulo
E vim aqui sem destino
Pra ver se eu encontrava
O Tonhão que é meu primo
Se não for ele eu volto.
É isso que imagino.
6
Maria já logo dizendo:
O que é que você quer?
Tonhão é aquele ali
Que vem com aquela mulher
O rapaz já foi dizendo
Como esse meu primo é?
7
O homem disse seu nome
Manso, assim sou chamado.
E Titica foi pensando:
Esse cabra é veado
E acenou pra Tonhão
Dizendo tenha cuidado.
8
Tonhão logo que chegou
Viu o tal Manso chorando
Fez um esforço na mente
Ficou ali se lembrando
E disse: foste embora
Só agora tás voltando.
9
 Disse então vamo entrar
Você aqui tá em casa
Titica bote o almoço.
E aí foi grande a farra
Ele dançava e sorria
E também se requebrava.
10
Tonhão foi logo pensando:
É esse que eu quero aqui
Vou mudar a minha vida
E eu não tou nem aí
Vai ser a partir de hoje
Que eu começo a cair.
11
Os dois já foram saindo
E Titica foi atrás
Ela já desconfiava
Do que o homem  era capaz
E  foi logo imaginando:
Estranho é esse rapaz
12
Ela ia pelo caminho
E eles já avistando
Tonhão disse: é minha mulher
Não estou acreditando
Disse  logo pro seu primo:
Ela tá desconfiando.
13
Titica viu uma cena
Que custou a acreditar
Os dois tavam se beijando
E ela começou a chorar
Saiu desesperada
Foi pra casa se armar.
14
Ela partiu pro marido
Ele a tesoura tomou
Ela saiu correndo
Quando uma raposa avistou
Foi correndo e se mijando
Que na sua casa chegou.
15
Titica ao chegar em casa
Todos sentiram um mau cheiro
Ali não tinha só mijo
Tinha outro companheiro
Foi aí que começou
Aquele tal desespero.
16
Tonhão vinha lá atrás.
E foi a porteira fechar
Ele já tinha escondido
Na roupa o celular
E combinou com o rapaz
Aonde ele ia lhe esperar.
17
Titica veio pro terreiro
Chegou com todo vapor
Pegou logo a espingarda
E para ele apontou
Pegou a mala do homem
No meio do terreiro jogou.
18
Na hora João chegou
Disse: Maria o que é isso
E ela: peguei sua mala
Pra jogar no meio do lixo
Pegue também a sua
E pode dar o sumiço.
19
Hoje eu descobri tudo
O que eu queria saber
Ele é um grande veado
Que dá certo com você
Pegue a mala e vá embora
Vou procurar lhe esquecer.
20
Tonhão saiu dizendo
Vamo embora meu amor
Já  estavam de mãos dadas
E nem pra trás ele olhou
Foi passando num galpão
Quando uma  raposa enxergou.
21
Avançou em cima dele
Que disse:  que vou fazer
A raposa me pegou
Eu agora vou morrer
Nem você nem minha esposa
Com nenhum eu vou viver.
22
A danada da raposa
Arrancou seu pingulim
Ele olhou pro veado
E disse: cuide de mim!
Ele disse: eu vou embora
Você se cuide sozim.
23
Hoje o Tonhão ficou
Sem a esposa e o veado
Isso serve de lição
Pro homem que é casado
Ficou em cima da cama
 Homem inutilizado.
24
Aqui eu vou terminar
Seja lá o que Deus quiser
Tem homem que é casado
E não respeita a mulher
Olhe o que aconteceu
Com o Tonhão de José.

 Nelcimá Morais                        



.


































1 comentários:

Anônimo disse...

O FIM DO MEU VICIO:ALCOOLISMO

COMO EX-ALCOOLATRA TENHO A OBRIGAÇÃO DE DAR O MEU TESTEMUNHO EM RELAÇÃO A DEPENDENCIA QUIMICA...
Dr.Neurologista Sergio Martins
apoxx2016@gmail.com

Disponivel para dar explicações do funcionamento bioquímico do BACLOFENO no cerebro

http://curadoalcool.blogspot.com.br
ou loja virtual de livros:
auxiliaradvogado.loja2.com.br

"O fim do meu vício" é o nome do livro escrito pelo Dr. Oliver Ameisen, Cardiologista Francês. O livro conta a história do médico que trabalhava em um dos mais respeitados hospitais universitários dos Estados Unidos, atendia pacientes famosos em seu consultório em Manhattan e tinha uma bela namorada. Ninguém imaginava que era alcoólico. Mas quando Oliver perdeu o controle sobre a bebida, perdeu também o controle de sua vida. Entre as internações em centros de desintoxicação, as reuniões dos Alcoólicos Anônimos e as inevitáveis fases da bebedeira, Oliver travava uma batalha diária contra o preconceito, o medo e o desejo de beber. Mas nunca abandonou a esperança de que um dia encontrassem uma cura para o alcoolismo. Em 2000, ele ouviu falar de um remédio que poderia salvá-lo Dois anos depois, se fez de cobaia e curou o seu vício. Desde então Dr. Oliver é comupletamente indiferente ao álcool. Este é o emocionante relato de sua luta e de sua vitória.

... leia um trecho do livro -

Livrar-se do vício do álcool é um desafio para milhões de pessoas em todo o mundo. Para um homem em particular, o médico francês Oliver Ameisen, a busca para vencer essa dura batalha foi vencida com uma descoberta : a de que a doença pode ser combatida e tratada com um medicamendo que já existe há mais de 40 anos no mercado: o Bacoflen, comercializado também como medicamento especial para o cerebro. Sim, um remédio receitado como relaxante muscular pode ajudar as pessoas a deixarem de ser alcoólatras e voltar a beber socialmente, segundo o dr Ameisen.
Sua própria experiência com o vício e sua luta para convencer médicos e dependentes a optar pelo medicamento fez o doutor Amesen tomar uma decisão difícil: a de escrever um livro e expor sua vivência.

Eu comecei a tomar o remédio Bacoflen que permite o uso controlado do álcool, tornando assim o consumidor um bebedor social como qualquer outro

Como ele chegou a essa descoberta?

O caminho foi longo e doloroso. Logo no começo do livro, o Dr. Ameisen descreve o momento em que ele decidiu enfrentar o vício pra valer. A cena, que aconteceu no ano 2000, ficou gravada na sua memória: ele estava em um táxi em Nova York com o sangue escorrendo na testa, sem sequer se lembrar do que havia acontecido: uma queda no meio-fio e um corte profundo que o levaram ao pronto-socorro. Mas como um cardiologista famoso na França e instalado há mais de 20 anos em Nova York como professor associado de medicina e cardiologia no New York Presbyterian Hospital, bem sucedido profissionalmente e financeiramente estava sendo derrotado pelo álcool? " Tinha cerca de 30 anos e era convidado a várias saídas com amigos. Não me sentia à vontade, era muito tímido e tinha dificuldade de fazer contato com as pessoas. Mas, assim que eu tomava um copo de uísque, aliás eu detestava o gosto, eu me liberava, fazia amizades... o álcool me ajudou muito", conta. "O problema foi que, aos poucos, eu não precisava mais de um copo para controlar meu mal estar. Precisava de dois, depois três, cinco. Pouco a pouco eu me tornei dependente. Quando eu tentei parar, percebi que não podia mais ... já não era mais socialmente ."

¤ Temos o livro na livraria conveniada.
'O FIM DO MEU VICIO"
Dr. Olivier Ameisen
Páginas: 240
Quanto custa: de R$ 48,00 por R$ 35,00.

* Temos o medicamento na Farmacia de Manipulação conveniada PHAFARCUS:
***Liberado pela ANVISA
***Não necessita de receita medica

BACLOFENO 10mg com 20 compridos para venda: R$ 25,00